terça-feira, 3 de janeiro de 2017

Espero-te todos os dias
sabendo que és vento
na garganta de uma serra.

2 comentários:

Mar Arável disse...

Tudo se move
até o vento

© Piedade Araújo Sol disse...

saber esperar, é um meio de conseguir

mesmo que seja o vento ... ou o eco

beijo

:)