domingo, 15 de janeiro de 2017

Dizem: é pela alvorada que os girassóis abrem para o sol. As primeiras cores pintam os campos lembrando ao galo o despertar. A primeira luminosidade preenche o corpo de franca energia.
Os cães ladram uns para os outros. O movimento começa.

Quando vem o anoitecer todos recolhem ao silêncio deixando espaço para os animais nocturnos.

Não sei porque te conto isto, tu sabes que quando se corre o vento leva as sombras, a chuva dissolve-nos na natureza e o frio faz-nos aproximar.

Tu sabes.


Sem comentários: