sexta-feira, 29 de dezembro de 2017

Contigo foi embora
o amor por dizer.
Dizem: hás-de voltar.
O tempo não espera,
tão pouco as palavras
tolhidas de receios
que não consigo escapar.
Resta o silêncio
com os anos a passar,
entre ti e mim,
sem passado a recuperar.

2 comentários:

Mar Arável disse...

Boas memórias e amanhãs
Bj

Menina Marota disse...

Memórias sensíveis. Leio e entendo-te. Mas o caminho da Vida é para a frente. Faz do silêncio o sorriso rasgado no teu rosto e não receies ser feliz.


Um abraço e FELIZ 2018