quarta-feira, 19 de agosto de 2020

 
[Dali]

Foi numa noite ou num dia qualquer que me julgaste sem tão pouco teres visto o meu jardim, resolveste empurrar a tua raiva das insónias para que as lê-se e fosse mais uma vez a emoção encapotada. Nem esperaste que o sol tivesse dado o seu ciclo, apenas pisaste as flores por terem as cores que têm. Não, não percebi e agora só espero as chuvas de estrelas.


Sem comentários:

Publicar um comentário